sexta-feira, 17 de maio de 2013

Principio trascendental que devemos entender quando queremos ter uma posição de AUTORIDADE no Corpo de Cristo



                                                                 


Na Igreja contemporânea as pessoas brigam pelas posições, manifestando a auto-promoção, rebeldia, inveja e ciúmes.

Há um principio trascendental que devemos entender quando queremos ter uma posição de AUTORIDADE no Corpo de Cristo:

O Bordão de Arão (Números 17)

O Senhor mandou que os príncipes de cada tribo levassem suas varas a Moisés. Ele especificamente disse que Arão representaria a tribo de Levi.

Moisés recolheu os cajados e os pôs no tabernáculo, diante do Senhor. Deus disse que o bordão do homem escolhido floresceria.

Moisés voltou no dia seguinte e achou onze bordões normais. Algo sobrenatural aconteceu com a vara de Arão que o qualificaria como líder e autoridade:

1) Brotou, tinha folhas que representam a cobertura, Arão tinha a capacidade de dar cobertura a Israel.

2) Produziu flores, flores tem cheiro e o cheiro muda o ambiente trazendo uma nova atmosfera. Arão tinha a capacidade de mudar ambientes e estabelecer atmosferas!

3) Deu amêndoas! Arão era frutífero por tanto tinha semente que poderia ser transferida geracionalmente! E possível saber quantas sementes tem um frutos, mas é impossível saber quantos frutos dará uma semente!!!

Deus claramente afirmou sua escolha, para acabar com a rebeldia e as murmurações do povo de Israel.

Em vez de procurar uma posição aprenda a gerar as 3 características do bordão de Arão e vc será posicionado num lugar de honra!!!

Shalom!
Postar um comentário

liderlagoinha@gmail.com